grego

22 de mar de 2011

O que ganhei quando perdi

Perdi meus avós e meu pai...
Senti o luto do próximo.

Perdi meu emprego...
Nunca mais olhei o pai desempregado da mesma forma.

Perdi o amor...
Entendi a solidão.

Perdi a fé e a esperança...
Percebi a loucura do mundo.

Perdi o tempo...
Compadeci-me do ansioso.

Todas as coisas que perdi ou que deixei de ganhar
Fizeram-me mais humano,
Mais próximo do outro.

A dor do casamento esfacelado dói em mim.
A dor do órfão corta-me a alma.
A dor do pai sem filho apavora-me!

Perdi-me na dor;
Na minha e na do outro,
Mas achei-me em ti, meu SENHOR!

Marcadores: , ,